Meu novo vício por filmes e críticas

cinema geek internet aplicativos

Claro que eu sempre gostei de assitir filmes. Desde pequenos nós assistimos filmes. Contudo, recentemente comecei a perceber que a contemplação das obras fora das salas do cinema é tão prazerosa quanto o próprio ato de assistir o filme. Claro que sempre execemos um pouco dessa atividade quando comentamos os filmes com amigos e parentes. Mas ainda assim é um espaço amostral pequeno de sentimentos e sensações sobre os filmes. Depois eu descobri os podcasts, em especial o Nerdcast, um canal de entretenimento que costuma trazer episódios sobre muitos filmes, comentando as obras e fazendo críticas.

Recentemente descobri a plataforma que estava me fazendo falta: o Letterboxd. Uma rede social de cinéfilos, uma espécie de Skoob (ou Goodreads) para filmes. Nesse aplicativo os usuários avaliam os filmes em notas de 1 a 5 estrelas, fazem comentários e compartilham críticas. Uma das ferramentas que acho das mais legais é a possibilidade de criar listas de filmes, reunindo-os sob alguma característica ou aspécto em comum.

Por exemplo, o usuário Miloš criou uma lista de filmes com os mais loucos últimos 15 a 20 minutos: Movies that have the craziest last 15 or 20 minutes.

O aplicativo também tem muitas outras funcionalidades como uma seleção de filme que o usuário ainda deseja assistir (watchlist), possibilidade de marcar filmes como “gostei”, e também funciona como uma ótima forma de descobrir novos filmes para assistir. Hoje a minha watchlist é tão extensa que nunca mais perco muito tempo procurando filmes para assistir.

A difícil tarefa de dar notas aos filmes

No aplicativo você pode dar pontuações que vão de meia estrela a cinco estrelas para cada filme. No início eu saia dando as notas sem muitos critérios, de forma bem subjetiva mesmo. Se o filme me agradou bastante eu já ia dando 5 estrelas. Mesmo que o filme fosse absurdamente ruim eu ficava com pena de dar 0,5 estrelas. Quando comecei a acumular muitos filmes avaliados, eu percebi que não estava fazendo um bom uso das notas. Pois eu tinha muitos filmes com nota máxima mas que possuam muita diferença de qualidade entre si. Então, decidi ser mais rígico com as notas e tentar criar algum critério minimamente mais objetivo para padronizar os objetivos de cada nota. Até o momento estou me baseando nos critérios abaixo:

Sempre é importante lembrar que opinião é uma questão bem pessoal. O que eu considero um filme trash pode ser um clássico para outra pessoa. Exemplos de discordância entre a minha opinião e a da maioria do público são os filmes Us e It, ambos eu dei notas abaixo de 2 estrelas (o Us eu fui ainda mais radical e considerei um trash mesmo), mas ambos são filmes com uma boa recepção da crítica.

Considerando que apenas obras primas vão ganhar 5 estrelas, eu acabo com o problema de ter vários filmes muito bons ganhando nota máxima mas que claramente possuem grandes diferenças de qualidade quando comparados entre si.

Evoluindo as próprias críticas

Eu tenho completa noção que minhas críticas e avaliações possuem muitas falhas. Mas eu acredito que o próprio ato contínuo de ficar dando notas já funciona como um aprendizado de como dar notas. Quanto mais filmes vou avaliando, vou repensando notas passadas que dei a outros filmes.

Por exemplo: eu assisto um filme B e dou nota 4. Mas em seguida eu lembro que assisti um filme A e também dei nota 4. Porém A não é tão bom quanto B. Será que não seria melhor ou mudar a nota de algum desses dois para simbolizar a diferença de qualidade entre eles? Quais critérios eu considerei para chamar B de melhor que A? O que faz B ser melhor que A?

Claro que somado a isso devemos lembrar que notas de 1 a 10 (considerando as estrelas e meias estrelas são 10 notas possíveis) são muito redondas e sempre vão acabar juntando filmes com qualidades diferentes nos mesmos degraus. Mas é um bom exercício questionar essas notas e, talvez, mudá-las.

Outra forma de aprendizado é ficar sempre lendo as avaliações de outros usuários e, claro, também de profissionais que ganham a vida fazendo isso.

Para o futuro espero sedimentar melhor os pontos que levo em consideração para considerar um filme uma obra prima, um filme mediano ou etc. Por enquanto minhas avaliações ainda são muito subjetivas e pessoais, pouco técnicas.

O mais legal é que sair avaliando filmes feito um doido funciona como um grande estímulo para assistir cada vez mais e mais filmes. Inclusive ver clássicos que eu nunca tive a oportunidade de assistir.

Meu perfil no Letterboxd é: https://letterboxd.com/filipemosca/